INFORMAÇÕES SOBRE AS ANÁLISES INSTRUMENTAIS LABORATORIAIS MAIS COMUNS

Cromatografia gasosa(CG) e líquida(HPLC) incluindo GPC - Espectrofotometria UV VIS - Espectrofotometria Infravermelho(IR) - Espectrofotometria por absorção atômica(AA) - Termogravimetria(TGA) - Refratometria - Densimetria e Turbidimetria.

VENDA DE EQUIPAMENTOS

Divulgamos empresas que vendem equipamentos usados e semi-novos.

MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS

Divulgação de empresas ou técnicos para realizar as manutenções em equipamentos

CURSOS E PALESTRAS

Divulgamos eventos relacionados a área de química ou afins.

Análises Instrumentais

O primeiro método de análise instrumental foi desenvolvido por Robert Bunsen e Gustav Kirchhoff e foi baseado na espectroscopia de absorção atômica de chama. Utilizando esta técnica, eles descobriram, em 1860, elementos como o rubídio (Rb) e o césio (Cs) em 1860.[1] A maioria dos grandes avanços na química analítica ocorreu após o ano de 1900. Durante este período a análise instrumental torna-se progressivamente dominante. Em particular, muitas das técnicas espectroscópicas e de espectrometria básicas foram descobertas no início do século XX e aperfeiçoadas até ao final do século XX.[2] Os processos de separação se desenvolveram na linha de tempo de modo similar e também tornaram-se cada vez mais instrumentais.[3] Na década de 1970 muitas destas técnicas começaram a ser utilizadas em conjunto para caracterizar completamente uma amostra. Nesta mesma década, a química analítica tornou-se progressivamente mais abrangente em questões biológicas (química bioanalítica), enquanto que anteriormente tinha sido amplamente focada no estudo de compostos inorgânicos e de pequenas moléculas orgânicas. O final do século XX também presenciou uma expansão da aplicação da química analítica nas ciências forensesambientaishistologia, questões médicas e industriais.[4] A química analítica moderna é dominada pela análise instrumental. Muitos analistas químicos se especializam em um único tipo de instrumento. Acadêmicos tendem a se concentrar tanto em novas aplicações e descobertas de novos métodos de análise. Muitos métodos, uma vez desenvolvidos, são mantidos propositadamente estáticos de modo que os dados possam ser comparados em um longo períodos de tempo. Isto é particularmente verdadeiro em garantia de qualidade industrial, forense e aplicações ambientais. A química analítica desempenha um papel cada vez mais importante na indústria farmacêutica, onde, além do controle de qualidade, é utilizada na descoberta de novos fármacos e em aplicações clínicas, onde compreender as interações entre a droga e o paciente são cruciais.

EMPRESA

Levar informações das técnicas instrumentais para a formação  de profissionais da área de química

Nossa equipe técnica de trabalho é composta por profissionais da área de química que dá suporte na elaboração dos conteúdos técnicos divulgados no nosso site.

Saiba mais sobre nós
SERVIÇOS

Saiba mais sobre nossos serviços

Propagandas, Vendas de Equipamentos de Laboratórios Usados e Semi-Novos, Serviços de Manutenção em Equipamentos de Laboratórios, Divulgação de Cursos, Palestras ou Seminários, Serviços de Aferição e Calibração de Equipamentos de Campo ou de Laboratórios

Leia mais

Notícias

[materialis_latest_news]

Fale Conosco

Teremos o maior prazer em conversarmos para encontrarmos a melhor solução para o seu negócio.

Entre em contato